O Livro de Boba Fett: O que é um daimiô em Star Wars?

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A nova série do Disney+ segue os passos de um dos personagens favoritos de Star Wars. A história de O Livro de Boba Fett, que é um spin-off de O Mandaloriano, tem início depois da queda do Império. Após fugir do verme de areia Sarlacc, o caçador de recompensas Boba Fett sai em uma jornada para se tornar o novo “Daimiô” de Tatooine. O que nos interessa é justamente este termo, que surpreendeu muitos fãs, pois até então nunca fora usado em Star Wars, seja no cânone, seja nas lendas. Vamos descobrir seu significado, bem como suas origens, que remontam à história do Japão.

Boba Fett ressurge

Na primeira parte do Episódio VI: O Retorno do Jedi (1983), seguimos os passos de Luke Skywalker. Mais maduro, o jedi volta a Tatooine, seu planeta natal, para salvar seus amigos das garras de Jabba, um poderoso rei do crime. Da espécie dos Hutt (que lembram lesmas gigantes), Jabba vive em um luxuoso palácio sob a guarda de uma milícia fortemente armada. À seu serviço está o caçador de recompensas Boba Fett, rival de Han Solo (capturado e entregue a Jabba como prêmio). Mas o clã vê seu fim a bordo da barca voadora de Jabba, no momento em que os heróis seriam lançados no poço de Sarlacc. Eles viram o jogo e, no duelo, antes da barca explodir, o monstro devora Boba Fett e outros vassalos.

O Livro de Boba Fett começa tão logo o caçador de recompensas, ainda vivo, escapa das entranhas do monstro. Tempos depois, ele sai numa jornada para se redimir e acaba tomando o trono de Jabba. Então, não só ocupa o lugar do rei do crime e assume seus negócios, como também se torna o novo daimiô de Tatooine. Mas o que significa esse título, afinal? Para entender o seu sentido, devemos interpretá-lo no contexto da série, bem como voltar ao Japão feudal para descobrir as origens do termo.

O império criminoso de Jabba

Jabba atendia pelo título de Daimiô, que depois o caçador de recompensas reclama para si. Conforme O Livro de Boba Fett esclarece, ao incluir o termo no cânone, um daimiô no universo de Star Wars (ou pelo menos em Tatooine) é uma espécie de líder que governa um vasto território. Para manter seu status, o daimiô depende não só das fidelidade e do tributo de seus vassalos, mas também de alianças com outras facções criminosas e da conivência do governo local. Sabemos que Mok Shaiz, o prefeito de Mos Espa, passou a fazer vista-grossa para as operações do clã depois da morte de Jabba, em troca de propina.

Desde as trilogias original e prólogo, sabemos do grande poder que Jabba detém nas eras da República e do Império. Figura importante em Tatooine, o Hutt lidera com punhos de ferro uma vasta organização criminosa, de modo que seus lacaios eventualmente se referem a ele como “Eminência” ou “Sua Excelência”. No planeta desértico, Jabba controla uma rede de pirataria, escravidão e tráfico de mercadorias ilegais. Mas, muito além da Orla Exterior, ele ganhou fama em toda a galáxia como um dos mais poderosos reis do crime. Além disso, foi um membro central do Grande Conselho e do Clã Hutt.

O poderoso daimiô

Há não tanto tempo, na nossa galáxia… mais especificamente, no Japão feudal, esse não era um título menos importante. Quem o recebia eram os senhores de vastos territórios, com grande número de vassalos. Daimiô significa “Grande Nome” em japonês. O termo surgiu no século XI para designar os grandes proprietários de terra, civis ou militares. A princípio, cabia unicamente aos militares, mas com o tempo aplicou-se a todos os senhores abastados, cujos domínios faziam grande renda com arroz.

Oda Nobunaga, um poderoso daimiô da era Sengoku (1467-1615).

Com o propósito de ampliar seus territórios, os daimiô estavam sempre em guerra. Valendo-se do caos que assolava o país no século XV, governadores militares tomaram terras onde construíram castelos para se defender das invasões de seus rivais.  É, portanto, da história do Japão e da língua japonesa que vem o título de Jabba, depois de Boba Fett.

À princípio, daimiô parece um termo muito “terrestre” e pode soar estranha no contexto da fantasia espacial. Mas não podemos esquecer que, além dos filmes de faroeste e da literatura fantástica, uma das grandes influências para a saga de George Lucas foi o cineasta japonês Akira Kurosawa. Nesse sentido, tanto O Livro de Boba Fett quanto O Mandaloriano voltam às origens da franquia, bem como à sua essência. Embora o termo na tenha uma relação direta com a mitologia, não podemos esquecer como ele tem sido usado nas mitologias de universos fantásticos.

Referências

George Lucas: Uma Vida, de Brian Jay Jones (2017).

O Japão: Dicionário e Civilização (2008), de Louis Frédéric.

Como citar este artigo? (ABNT)

REIS FILHO, L. O Livro de Boba Fett: O que é um daimiô em Star Wars?, Projeto Ítaca. Disponível em: https://projetoitaca.com.br/o-livro-de-boba-fett-o-que-e-um-daimio-em-star-wars/. Acesso em: 04/07/2022.

Lucio Reis Filho

Lucio Reis Filho

Historiador, professor e escritor. Tem Doutorado em Comunicação (Cinema e Audiovisual) e especialização em Estudos Clássicos.
Lucio Reis Filho

Lucio Reis Filho

Historiador, professor e escritor. Tem Doutorado em Comunicação (Cinema e Audiovisual) e especialização em Estudos Clássicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Relacionado